13 de jun de 2014

Futebol e vida - laterais

Laterais.
Estes jogadores que atuam pelo lado do campo registram o 'pulmão' de um time de futebol.
A preparação deles é focada em longos percursos e força física.
Desde que ocorreu a mudança tática nos anos 80 e os pontas começaram a exercer funções de apoio ao meio de campo, laterais viraram 'alas'. Esta é a posição que mais evoluiu no futebol. Um campo oficial tem mais de 90 metros de comprimento e os laterais devem ter capacidade de defender - afinal a maioria dos gols saem de cruzamentos na área - e também atacar. Se um lateral chega à linha de fundo, esta jogada se transforma numa imensa possibilidade  de gol. Esta sobrecarga física, não por acaso, cresce junto com o desenvolvimento da medicina esportiva e o condicionamento físico. Lateral do lado direito historicamente está ligado à força. O que joga pela esquerda carrega uma mística de habilidade e frescor técnico. Quase todo bom lateral se transforma em capitão, justamente pela sua entrega e disposição física. Eles, também quando em fim de carreira, normalmente são deslocados para o meio campo.
Um dos maiores ensinos que carrego sobre quem exerce esta posição no futebol é a força.
É preciso força e entrega incondicional ao esforço físico para desenvolver plenamente seu potencial.
Se você conhece alguém assim, que não desiste e sempre está disposto a apoiar, a defender, fique certo que esta pessoa, num campo de futebol seria um lateral.


Reconheço a sua disposição em ajudar e já mostrei aos macedônios 
o orgulho que tenho de vocês, dizendo-lhes que, 
desde o ano passado, vocês da Acaia estavam prontos a contribuir;

 e a dedicação de vocês motivou a muitos.


Djalma e Nilton Santos, Carlos Alberto Torres, Nelinho, Wladimir, Júnior, Leandro, Branco, Leonardo, Toninho, Marinho Chagas, Cafu e tantos outros que deram brilho a esta posição.

Nenhum comentário:

Postar um comentário