22 de dez de 2015

A Revelação Geral


Deus se revela.
Somos finitos e Deus infinito. Na realidade nem poderíamos ter comunhão com Ele mas Ele, que é amoroso e quer se relacionar, resolveu se revelar. 
DEUS SE REVELA NA CRIAÇÃO
Como ocorre com as artes, a arte revela o artista. 
O poeta entendeu isso muito bem quando registrou, no Salmo 19:
'Olhe para o céu e veja! A beleza do céu mostra a grandiosidade,
a obra extraordinária das mãos de Deus, este grande Artista.
Ele elaborou, organizou e realizou tudo que existe.Cada dia é totalmente novo e mostra essa dinâmica peculiare criativa a outra manhã, de forma completamente diferenteda anterior. Mais interessante ainda é como acontece a mesmacoisa com a noite. Não há repetição. Nada é monótono.O Senhor Deus não fica por aí ‘tirando onda’, nem fazendo discursospara mostrar sua magnitude, suas habilidades, sua virtuosidade artística.Repare. Repare bem. O que ele faz atesta quem ele é.'"Farei de você um grande povo, e o abençoarei. Tornarei famoso o seu nome, e você será uma bênção.Abençoarei os que o abençoarem, e amaldiçoarei os que o amaldiçoarem; e por meio de você todos os povos da terra serão abençoados".Gálatas 4:4
porque, tendo conhecido a Deus, não o glorificaram como Deus, nem lhe renderam graças, mas os seus pensamentos tornaram-se fúteis e os seus corações insensatos se obscureceram.
Romanos 1:20,21

Deus nos deu uma revelação objetiva, vália e racional acerca de si mesmo por meio da natureza. Fez isso também usando a história.
DEUS SE REVELA NA HISTÓRIA
O Deus que é infinito, que não se limita ao tempo, fez-se gente na história. A história dos seres humanos revela a presença divina. Deus faz uma promessa em Gn3.15 e prepara uma nação para ser 'o ventre do Messias' Gn12.2 e 3 
Todo o 'drama do AT' ocorre até que chega o tempo oportuno:
'Mas, quando chegou a plenitude do tempo, Deus enviou seu Filho, nascido de mulher, nascido debaixo da lei,'

DEUS SE REVELA NO CARÁTER HUMANO
Ficamos, não poucas vezes, incomodados com a maldade humana. Buscamos, de todas as formas, explicações para o 'nó' existencial da humanidade. O efeito da queda recai sobre os seres humanos. Todos sabemos que o ser humano não dá conta, não se basta. É o que o apóstolo Paulo registra aos romanos:
Pois desde a criação do mundo os atributos invisíveis de Deus, seu eterno poder e sua natureza divina, têm sido vistos claramente, sendo compreendidos por meio das coisas criadas, de forma que tais homens são indesculpáveis;

Um fato inquestionável é que todas as pessoas tem um conhecimento de Deus. Até os ateus tem esse conhecimento mas optaram por suprimi-lo. A revelação geral também nos ajuda a entender o fenômeno mundial da religião. Essa 'busca de Deus' está presente em todas as culturas através dos tempos. A revelação geral incomoda a mente humana e o faz 'investigar' uma lógica na criação, na história e em si mesmo. É uma 'cutucada' à consciência e responsabilidade. Por isso mesmo, como diz as Escrituras, 'todos são indesculpáveis'. O que é fundamental destacar nesse resumão é que Deus não se 'limitou' à revelação geral. Existe uma outra dimensão da revelação divina. Uma revelação especial e bem particular de Deus. Isso veremos num próximo post.

Nenhum comentário:

Postar um comentário